16 julho 2008

Saudades

Sinto falta das Pipoquinhas.
O tempo cresce (de manhã não há correrias, o jantar é feito nas calmas e ainda dá para saborear umas caipirinhas), a casa é enorme, a máquina da louça demora dias a encher...
E sinto-as felizes, alegres, preenchidas, nos dias que passam à solta, ao ar livre.
Ao telefone riem, dão gargalhadas, contam palermices (estamos a fazer totós ao avô!) e pela primeira vez que ficam fora de nós (de mim) não dizem com voz melosa "tenho saudades!"
Fico feliz por elas e quem tem saudades sou eu...

08 julho 2008

Actualização

As notas da Pipoca foram excelentes, está bem a tudo, se bem que a matemática esteja um bocadinho pior... mas apreendeu na integra o programa dado com nota de Bom.
Está preparadíssima para o ano que vem, e como já sabe que vai dar História de Portugal está ansiosa que comece.
De momento estão as duas de férias com os avós maternos em Moledo!
Voltam para o Festival Panda e depois regressam à boa-vida!

03 julho 2008

Mais pérolas da Pipoquinha

A falarmos de andar de bicicleta:
- Mas tens que tirar as rodinhas... ( já anda há muito só com uma)
- É, e depois não ando...(com ar chateado)
- Tens que aprender
- Como??? sem as rodinhas da frente e de trás?
(o pai já lhe tinha tirado a outra ;))
.
.
Estavamos a ouvir as noticias acerca da libertação da Ingrid Betancourt, e a Pipoca quis saber o que se passou. Lá lhe explicamos que aquela senhora tinha estado raptada 6 anos, e a Pipoquinha diz que seis anos não é muito, a Pipoca espantada reclama: seis anos não é muito??? Ó mãe estás a ouvir o que ela está a dizer?
- Que queres... olha eu não sei fazer contas!
.
.
As duas a refilarem, vem a Pipoquinha puxar a brasa para a sardinha dela, eu aviso que ou se entendem ou ficam as duas de castigo:
- Isso não é justo, é mesmo uma grande justiça!