14 outubro 2010

As conclusões

Défice de atenção e disortografia...
Ainda estamos a delinear o programa de ataque...
Já me apeteceu desfazer a profe dela, não autorizou que desse o número de telemóvel à pediatra (quando eu possuo o número pois ela deu-o, à minha frente, à Pipoca!!!!), nem quis ficar com o número da pediatra ("quem quer falar comigo é a médica").
Ou isto entra nos eixos ou estou a prever inúmeros chatices...

11 outubro 2010

Fantasma

Amanhã é o dia de consulta de rotina das Pipoquinhas, é também o dia de ficarmos com mais algumas certezas quanto ao fantasma que anda cá por casa... dislexia.
Por tudo quanto tenho lido, cada vez mais estamos convencidos que grande parte da culpa da inadaptação da Pipoquinha à escola, tem a ver com este palavrão.
A ver vamos...

06 outubro 2010

Mudança Visual


Fica o anterior, para a posteridade

Este cantinho está um pouco abandonado, por variadas razões, mas vamos lá ver se o retomo.

Uma das razões, é que a Pipoca está na pré-adolescência, a fase das “gracinhas” já passou, e já começou a ganhar asas…

Continua igual a si mesma, boa aluna, adora ir para a escola (que é muito fixe, estar com as amigas…) e da vidinha dela pouco mais sei (então, que fizeste hoje na escola? Trabalhei!- e assim se resume um dia inteiro).

Outro motivo foi a minha situação profissional ter dado uma volta completa… para pior! Ainda não se resolveu, mas já começo a ter algumas perspectivas que melhore.

Mas nenhuma destas desculpas justifica tão grande afastamento…

A verdade é que ando preocupada, a Pipoquinha não se adaptou à primária… o ano lectivo passado foi um autêntico filme de terror, com muito choro, noites sem dormir, não conseguir tomar o pequeno-almoço, diarreia na hora de ir para a escola, a professora a dizer que ela na sala de aula, estava toda encolhida, não levantava a cabeça, se pudesse escondia-se debaixo da mesa…

Este ano, está melhor, com mais à vontade, não chora, almoça na escola (duas vezes por semana) e frequenta as AEC’s de que está a gostar muito. Mas tudo o que é relacionado com a escola, bloqueia. Tanto eu como a professora, estamos com esperanças de que um maior à-vontade na sala, lhe permita ir perdendo o medo… mas também estamos atentos e iremos despistar uma possível dislexia…