28 setembro 2006

Flores

Há uns anitos atrás, quando a Pipoca tinha uns dois anos, uma noite despedi-me dela com o beijinho de boa-noite e disse-lhe:
- Dorme bem, minha Florzinha!
Resposta dela muito pronta e indignada:
- Ei... eu não sou uma flor, não estou agarrada
à terra!

27 setembro 2006

Ai... as férias...


Patinhas?

Foquinhas?

Sereias?

Não, Filhotas!

Realidade/ Imaginação

A Pipoquinha ganhou o hábito de vir a meio da noite meter-se na nossa cama. Isto começou nas férias quando fomos para casa dos meus pais.
A roupa que elas tinham usado nesse dia estava pousada nas costas de uma cadeira, e como tinha a luz de presença por baixo, fazia sombras no tecto do quarto. Elas perguntaram o que era "aquilo" no tecto, nós explicamos e elas adormeceram.
A meio da noite ouço a Pipoquinha a chamar-me, e quando chego ao pé dela, diz-me:
- Tenho meio (medo) do cão peto no tecto...., eu xei que num é, mamã, xó que eu, (e aqui bate com as maozinhas no peito dela) eu penxo que é!!
Fiquei espantada e babada. Como é que uma coisainha tão pequenina, conseguiu entender que a realidade não é só o que lá está, mas como nós a percepcionamos, e que realmente, o que interessa é o que ela significa para cada um?!?

22 setembro 2006

Fruta ou como manipular os mais novos!

Chegadas à altura da sobremesa as Pipoquinhas foram escolher a fruta que queriam comer. Uma quer ameixa, a outra idem aspas.
Só há uma ameixa...
Conversa entre elas:
- A., o que queres?
- Ameixa
- Olha, o que tu queres são aquelas bolinhas pequeninas que estiveste a comer no carro, não é?!? Isso não se chama ameixa, são UVAS.
Conclusão: comeram pêra!

21 setembro 2006

Porquê? Quem?

Este blog é dedicado às minhas Pipoquinhas, e às suas proezas e sabedorias infinitas.
E porquê? Porque ainda foi ontem que soube que estava grávida e hoje já tenho dois seres maravilhosos que preenchem a minha vida. Não quero esquecer-me dos dias que passaram e que só voltam nas minhas memórias, quero de alguma forma perpetuar cada dia, cada minuto, cada segundo que passo com elas.
Então vamos a apresentações:A Pipoca é a Inês e nasceu a 18/12/2003, a Pipoquinha é a Ana e nascida a 20/06/2004, e aqui vou contar as aventuras e desventuras delas... ou minhas!