23 janeiro 2007

Conversas

A Pipoquinha está naquela fase em que conta muitas histórias, como se o que está a contar tivesse mesmo acontecido.
A Pipoca por sua vez, mal ouve qualquer coisa da irmã começa a peguilhar com ela, a dizer que é mentira. Geram-se discussões intermináveis e que não dão em nada.
Normalmente, a Pipoca começa por lhe dizer: "Ai é, então vou perguntar à F. ( a educadora)!"
E a Pipoquinha fica aflita.
Já expliquei à Pipoca que é nesta idade que os meninos começam a usar a imaginação e que conseguem ver/viver no mundo da Fantasia, o que é muito bom (e que ela gosta muito).
Já lhe disse, também, que ela certamente não gostaria que quando estivesse a contar alguma coisa estivesse alguém do lado a desconfiar do que estava a dizer e lhe disse: "ai é, então vou perguntar à tua professora!"
A Pipoquinha aproveitou a deixa e durante um dia inteiro sempre que a Pipoca abria a boca ela dizia "então, vou perguntar à tua professora", fosse o que fosse que o que ela dissesse. ( e olhava para mim a rir!!!)
Era do tipo:
- Queria água, por favor!
- Ai é, vou perguntar à tua professora!

1 comentário:

Carla Oliveira disse...

Ahahahahah!
Os meus têm discussões do mesmo género ;)
Beijos