22 novembro 2006

Chupetas

A Pipoca deixou a chupeta aos 2 anos e 9 meses, andou uns três meses a mentalizar-se, havia dias em que as deitava fora, mas na hora de ir para a cama queria-a de volta.
Enganou uma vez a fada das chupetas...
Depois, marcamos uma data e dissemos que quando fossemos para casa dos avós ela deitava fora a dita.
E deitou... mas chorou, chorou, desesperada, e só adormecia por volta das 3h/4h da madrugada.
Quase desistiamos... mas deixou a chupeta e para adormecer pedia a "pé-pé que não faz mal" e eu punha-lhe uma chupeta imaginária na boca.
Nunca quis leitinho à noite e começou a pedir, para poder mamar no biberão.
Na escolinha, durante uns tempos, 2 a 3 meses, usava a chupeta na hora da sesta, mas se alguém de casa aparecesse, ela em vez de correr toda contente para nós como era usual, primeiro ia esconder a pé-pé no bolso da educadora.

Sem comentários: